Afinal, como lidar com cachorro barulhento? Confira

0
56

Ter um amigo de quatro patas em casa é um dos grandes prazeres da vida, não é mesmo? Porém, quando o cachorro é barulhento, essa amizade pode se tornar um pesadelo — tanto para tutores quanto para vizinhos.

Embora alguns peludos latam com muito mais frequência que outros, o latido em excesso não é normal, tampouco agradável. Por isso, é preciso descobrir o que está acontecendo para, então, tomar algumas atitudes e amenizar os ânimos da casa.

Porém, por que os cães latem, afinal? E como lidar com um cachorro barulhento? Confira!

Por que os cães latem?

Todos os animais se comunicam de alguma forma, tanto com indivíduos da mesma espécie quanto de outras. Na maior parte do tempo, os cães usam a linguagem corporal, mas o latido também faz parte desse repertório de comunicação.

Descobrir o que leva o pet a latir tanto é o X da questão. Na maioria das vezes, os tutores têm uma parcela de responsabilidade bem grande no desenvolvimento desse distúrbio comportamental e algumas mudanças simples no dia a dia podem ser a solução.

Por exemplo, cães que passam muito tempo sozinhos, se sentem solitários, abandonados ou entediados podem latir bastante. Também é comum que alguns peludos tenham muita vontade de interagir com outros cães — esses casos são comuns em lugares em que há outros animais, ou quando um amiguinho passa por perto.

A excitação também leva alguns cachorros a serem barulhentos. Então, quando os tutores chegam em casa ou, ainda, quando a campainha toca, a emoção do peludo pode incomodar quem estiver por perto. Além disso, se a família for barulhenta, a tendência é que o cão tenha o mesmo comportamento.

Por fim, o medo é outro grande motivador de latidos. O barulho, nesse caso, serve de alerta para quem ou o que estiver representando uma ameaça para o pet. Contudo, há cães que encaram qualquer cheiro novo ou ruído como sinal de perigo e, nessas horas, é preciso agir.

Como acalmar um cachorro barulhento?

Em primeiro lugar, é preciso ter em mente que os cachorros têm necessidades básicas que precisam ser supridas. Brincar, fazer exercícios físicos, ter estímulos mentais, socializar com outros animais são atividades essenciais que garantem a qualidade de vida dos cães.

É muito provável que, se você promover um ambiente enriquecedor e gastar as energias do seu pet, ele diminua os barulhos ou pare de apresentar distúrbios comportamentais. Portanto, foque nisso antes de achar que seu amigo não tem solução. Porém, temos algumas dicas para você, acompanhe.

Repreenda-o sem gritar

Cães aprendem muito por observação, e gritar não o farão parar de latir. Pelo contrário, podem excitá-los e estimulá-los a serem mais barulhentos.

Uma dica é ter, por exemplo, uma lata com moedas por perto. Toda vez que os latidos forem inconvenientes, repreenda-o agitando a latinha.

Leve-o para passear

Reforçamos esse ponto, pois os passeios diários são excelentes formas de estimular positivamente os cães e fazer com que gastem sua energia. Uma ótima dica é levá-los a parques pet friendly ou cachorródromos onde eles possam correr e socializar.

Amplie o repertório de comunicação

Existem outras formas de o seu cão pedir comida ou atenção. Ensine-o que colocar a patinha na sua perna é um ótimo meio para isso, ou pegar a guia e levar até você é uma boa maneira de avisar que quer dar uma voltinha.

Foque no reforço positivo

Esta é a melhor maneira de fazer seu cão aprender algo: recompensando o esforço dele. Então, por exemplo, se a campainha tocar e, em vez de latir como louco, ele pegar um brinquedo para esperar a visita, dê um agradinho.

Também é importante recompensar o comportamento positivo dele após uma repreensão, para que ele entenda que fez certo ao parar de latir. Além de petiscos, você pode oferecer um bom afago ou um elogio. Pelo seu tom de voz amigável ele entenderá!

Viu só? Com algumas dicas simples você lida com o cachorro barulhento. Mas não exagere, ok? Lembre-se de que eles estão se comunicando. Ah, e procure ajuda profissional caso sinta necessidade.

Criar um ambiente rico é uma ótima maneira de atenuar a solidão dos animais. Saiba, agora, como escolher brinquedos para cachorros que ficam sozinhos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here