5 cuidados essenciais com filhotes que você deve ter

0
50

Os olhos grandes e amendoados, os traços arredondados, as orelhas que parecem desproporcionais e os movimentos desajeitados conquistam e amolecem qualquer coração. Mas não se deixe enganar! A graciosidade desses peludos também exige atenção. E quando temos os devidos cuidados com filhotes, a convivência com eles torna-se ainda mais deliciosa.

Para que nossos companheiros cresçam fortes e saudáveis, uma série de zelos deve ser estabelecida na nova rotina. Nada que exija muito esforço, mas sim dedicação e, claro, uma boa dose de paciência com o recém-chegado!

Separamos algumas boas dicas para os cuidados com filhotes de cães e gatos para você. Boa leitura!

1. Ofereça alimentação adequada

Cada fase de vida dos animais tem exigências diferentes, de acordo com o funcionamento do seu metabolismo. Enquanto são filhotes, os peludos estão com o crescimento acelerado e, portanto, precisam de ração com nutrientes que reforcem seus ossos e articulações e garantam o bom desenvolvimento de seus dentes.

Além disso, precisam de uma dieta balanceada que supra as necessidades energéticas dessas pequenas e agitadas bolas de pelos.

2. Estimule o filhote com brincadeiras

Essa fase também é determinante para o seu desenvolvimento mental. O mundo é repleto de novidades para serem descobertas, e a melhor maneira de fazer com que aprendam tudo sobre o funcionamento da vida é por meio de brincadeiras. Elas têm um papel crucial na socialização, entendimento de hierarquia e aprendizagem dos peludos.

Por isso, faça brincadeiras que estimulem seus instintos e inteligência: jogue bolinhas para que retornem, esconda objetos para que procurem, dê brinquedinhos que se assemelham a pequenas presas para os gatinhos, etc.

3. Controle suas mordidas

Todo mundo conhece bem os dentinhos afiados dos filhotes. O seu poder de destruição também é bastante famoso, não é mesmo? Durante o crescimento dos dentes, os filhotes têm coceira nas gengivas e a maneira de aliviá-la é mordendo objetos.

Para que seu filhote não acabe com o seu chinelo favorito ou com o móvel da sala, ofereça, desde cedo, brinquedos macios (mas com certa resistência) e ossos artificiais que sejam mais atrativos que uma pilha de sapatos. Eles auxiliam, também, na limpeza bucal.

4. Eduque desde cedo

Como mencionamos, essa é a fase da novidade. Além disso, é quando o filhote vai começar a criar hábitos. Por isso, essa é a melhor época para educar seu parceiro. Seja firme, mas jamais violento. Procure realizar o adestramento com reforço positivo, oferecendo recompensas quando fazem o que você solicita.

Gatos são mais independentes (provavelmente o filhote vai ser o rei da casa), mas cães têm comportamentos de matilha — e você precisa ser o líder. Por mais incrível que possa parecer, quando bem treinados, os cães se tornam ainda mais companheiros e fiéis.

5. Siga o calendário de vacinação

É claro que não poderíamos deixar de falar sobre a vacinação. Entre os cuidados com filhotes, esse é um dos mais importantes que você deve ter. As vacinas protegem os filhotes de inúmeras doenças altamente contagiosas e bem distribuídas entre a população — várias delas potencialmente fatais.

Por isso, leve seu peludo ao veterinário com periodicidade e siga as orientações do profissional para o calendário de vacinação, ok?

Como você pôde perceber, os cuidados com filhotes requerem muito mais amor, atenção e dedicação do que qualquer outra coisa. Nada muito difícil para quem já é completamente apaixonado por esses animais, não é mesmo?

Se você tiver um gatinho, basta apresentar a caixinha de areia para que ele, naturalmente, faça suas necessidades ali. Agora, se você tem um filhote de cachorro em casa… Vai precisar dessas 5 técnicas infalíveis para ele fazer xixi no lugar certo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here