Afinal,como educar seu cachorro?

0
110
cachorro dando a pata para uma mulher
educar-cachorro

O treinamento de cães é algo muito importante por uma série de razões. Entre elas, podemos citar a necessidade de “ajustes” básicos, que auxiliam na melhora da qualidade de vida, da saúde e do bem-estar de nossos amigos. No entanto, muitas pessoas não sabem como educar seu cachorro e costumam ter dúvidas sobre o tema.

Os cães são animais extremamente inteligentes e com uma alta capacidade de aprendizagem. Eles são capazes, portanto, de adquirir conhecimentos variados mesmo sem o auxílio de um profissional.

Não sabe como melhorar o comportamento de seu cão de maneira descomplicada? A seguir, discutiremos melhor esse tema e mostraremos que é possível contribuir para que nossos pets sejam mais educados e felizes sem precisar submetê-los a qualquer tipo de estresse, apenas com mudanças progressivas na rotina. Vamos lá?

Como os cães costumam aprender?

De modo geral, nossos cachorrinhos costumam aprender novas informações por meio de três mecanismos distintos: a observação, a repetição e a recompensação. A seguir, conversaremos melhor sobre cada um deles.

A observação consiste em observar passivamente o que outros animais ou os tutores fazem. Eles são visuais e costumam aprender muito assim. Além disso, a repetição é outra forma eficaz de fixação de aprendizados no cérebro de cães e outros animais de estimação.

Por fim, para educar um cachorro, a recompensa positiva é sempre recomendada, pois eles assimilam muito por meio de associações. Portanto, fazer com que ele associe tais comportamentos a estímulos e sensações agradáveis fará com que ele repita determinada atitude frequentemente.

Como educar seu cachorro?

Dito isso, que tal aprendermos algumas dicas interessantes sobre o comportamento animal? A seguir, descobriremos como ajudá-los a adquirir uma variedade de atitudes benéficas para sua saúde e seu desenvolvimento. Confira!

Como fazê-lo esperar pela comida

A afobação para comer, muitas vezes, pode trazer prejuízos para a saúde de nossos cães e, por vezes, contribui para a formação de um problema grave (e potencialmente letal) conhecido como torção gástrica. Por isso, calma e educação na hora das refeições são muito mais do que meras regras de etiqueta.

Para reduzir a ansiedade pelo alimento, crie o hábito de alimentar seu cão mais vezes ao dia. Isso diminuirá a sua fome. Outra dica é promover e estabelecer uma rotina de horários e sempre falar de modo firme com ele, retirando o alimento de sua frente, caso ele ataque a vasilha antes de seu comando final.

Como fazê-lo respeitar pessoas estranhas

A socialização do animal é algo extremamente importante. Afinal, ter um animal antissocial pode prejudicar não só a sua vida social (receber visitas em casa, por exemplo, torna-se um problemão), mas traz malefícios também para o dia a dia do pet, que terá dificuldades em passear e exercitar-se.

Para esse tipo de comportamento, a recompensa positiva é sempre o melhor caminho. Faça pequenos passeios e recompense seu melhor amigo sempre que ele demonstrar uma atitude positiva, como não rosnar ou deixar alguém passar a mão. Pouco a pouco, aumente o percurso.

Como evitar a destruição de objetos

Por fim, um problema muito recorrente entre cães é a destruição de objetos. Isso pode ser ocasionado por tédio, estresse ou problemas com a ansiedade de separação, uma situação que exige tratamento específico (seja por meio de medicamentos, seja por outras recomendações do médico veterinário). Esse hábito é perigoso, já que o animal pode ingerir pedaços de tais objetos.

Para evitar esse tipo de comportamento, é sempre recomendado buscar a ajuda de um profissional para excluir (ou testar) possíveis causas físicas ou emocionais para o problema. Em casa, o reforço positivo também pode ajudar bastante. Outra dica é promover a observação por meio da sua interação com o objeto, para que o pet atribua uma função e, progressivamente, deixe de destruí-lo.

Agora que você sabe como educar seu cachorro, conte com a ajuda de adestradores e médicos veterinários para corrigir potenciais comportamentos negativos e lembre-se: demonstre sempre muito amor na hora de corrigir tais atitudes!

Para saber ainda mais sobre o assunto, confira nosso artigo com 5 dicas para tratar a ansiedade de separação. Boa leitura!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here