Obesidade animal: Saiba como evitar.

0
180
obesidade-animal
obesidade-animal

Neste artigo, iremos abordar um tema que é considerado muito importante não só para nós humanos, mas principalmente para nossos animais de estimação: a obesidade.

O objetivo é passar um panorama do que é a obesidade em animais, como evitá-la e o que fazer caso seu pet esteja nesta situação.

O que é a obesidade animal?

A obesidade animal é muito parecida com a que aflige também os seres humanos. Seguindo a semântica da palavra, trata-se basicamente do acúmulo de peso, ou seja, o seu animal estaria com um percentual de gordura acima do que é propriamente recomendado para a estatura corporal dele.

Principais causas da obesidade animal

Bem parecida com a obesidade em humanos, as causas mais comuns para o desenvolvimento desta doença nos animais são o sedentarismo, alimentação inadequada e em alguns casos alterações hormonais decorrentes da castração.

Como evitar a obesidade animal

Os animais que sofrem com a obesidade, têm uma expectativa de vida menor que o normal uma vez que o risco de desenvolverem além de outras doenças, problemas cardíacos e respiratórios são mais recorrentes em animais com esta característica.

Por isso, é importante observarmos algumas atitudes simples que podem fazer a diferença na saúde do seu pet. São elas:

– Forneça alimentação equilibrada e regrada para seu melhor amigo. Existem diversas marcas disponíveis no mercado para animais obesos. Consulte seu veterinário para saber qual é a mais indicada para seu pet e quais são os melhores horários para lhe oferecer.

– Mantenha uma rotina de atividades físicas. Passeios são muito bem-vindos para os cães pois além de ser uma atividade prazerosa, faz com que ele gaste energia. Para os gatos, aposte em objetos que permitem escaladas como uma árvore para gatos por exemplo ou brinquedos interativos ou de forrageamento (são brinquedos que possibilitam a exploração de recursos alimentares como petiscos ou pequenas refeições de ração seca).

– Não ofereça a seu pet frituras, gorduras, doces ou qualquer alimento prejudicial à sua dieta. Sabemos que resistir ao olhar pidão de um cachorrinho ou a um miado arrastado do felino é uma tentação, mas acredite, é o melhor para o seu amigo.

– Mantenha a saúde do seu animal em dia. Visitas regulares ao veterinário para acompanhamento podem ajudar a prevenir ou detectar novas doenças causadas pela obesidade, como por exemplo, diabetes, problemas renais, artrites, etc. Com o tratamento certo e o diagnóstico precoce, as chances do seu pet ter uma vida saudável e feliz aumenta bastante.

Agora que você já sabe o que fazer para melhorar a qualidade de vida do seu melhor amigo, que tal investir um pouquinho mais para que ele tenha uma vida saudável e feliz?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here